translate traduzir traducir
Política

Sergio Moro pede demissão do governo Bolsonaro, confira

Sergio Moro / Reprodução: Twitter Blog do Noblat
Sergio Moro / Reprodução: Twitter Blog do Noblat
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira (24), Sergio Moro convocou uma coletiva de imprensa e fez um pronunciamento informando sua decisão de sair do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Em sua fala o agora ex-ministro agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pelo convite para assumir a pasta e elencou as principais ações realizadas pelo ministério mencionando os índices de diminuição da violência no Brasil no ano de 2019.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Segundo o ex-ministro, o presidente Jair Bolsonaro insistiu na demissão do diretor geral da política federal Marcelo Valeixo, sem justificar os motivos robustos de sua saída. Apenas o chefe do poder executivo informou que seria uma substituição política.

Além disso, Sergio Moro informou que fez o possível para tentar amenizar a situação por causa da pandemia que o Brasil está enfrentando. Mas, infelizmente não conseguiu obter resultado.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Dessa forma, percebe-se que a autonomia prometida para Sergio Moro no convite para assumir o ministério ficou apenas em palavras. Pois, o presidente Jair Bolsonaro ao querer realizar uma substituição política no órgão da Polícia Federal descumpre a promessa realizada.

LEIA TAMBÉM: Uso de cloroquina é aprovado no Conselho Federal de Medicina, confira

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira (24), Sergio Moro convocou uma coletiva de imprensa e fez um pronunciamento informando sua decisão de sair do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Em sua fala o agora ex-ministro agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pelo convite para assumir a pasta e elencou as principais ações realizadas pelo ministério mencionando os índices de diminuição da violência no Brasil no ano de 2019.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Segundo o ex-ministro, o presidente Jair Bolsonaro insistiu na demissão do diretor geral da política federal Marcelo Valeixo, sem justificar os motivos robustos de sua saída. Apenas o chefe do poder executivo informou que seria uma substituição política.

Além disso, Sergio Moro informou que fez o possível para tentar amenizar a situação por causa da pandemia que o Brasil está enfrentando. Mas, infelizmente não conseguiu obter resultado.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Dessa forma, percebe-se que a autonomia prometida para Sergio Moro no convite para assumir o ministério ficou apenas em palavras. Pois, o presidente Jair Bolsonaro ao querer realizar uma substituição política no órgão da Polícia Federal descumpre a promessa realizada.

LEIA TAMBÉM: Uso de cloroquina é aprovado no Conselho Federal de Medicina, confira

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!