- PUBLICIDADE -
translate traduzir traducir
Política

Barroso toma posse no TSE e esclarece polêmica do adiamento das eleições municipais, confira

Ministro Luís Roberto Barroso / Reprodução: Twitter do STF
Ministro Luís Roberto Barroso / Reprodução: Twitter do STF

Nesta segunda-feira (25), o Ministro Barroso tomou posse na presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Em seu discurso de posse, ele deixa claro que não está sendo cogitada a possibilidade das Eleições Municipais ocorrerem junto das Nacionais em 2022.

Segundo o Ministro Barroso, as Eleições Municipais de 2020 só serão prorrogadas, se não for viável vivenciá-las sem risco para a saúde pública.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Sobre as Eleições de 2020 o Ministro Barroso afirmou que:

“Em caso de adiamento, ela deverá ser pelo prazo mínimo e inevitável. Prorrogação de mandatos mesmo que por prazo exíguo deve ser evitada até o limite”.

Além disso, a respeito da possibilidade das Eleições de 2020 serem prorrogadas para 2022, o novo presidente do TSE afirmou que:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

“O cancelamento das Eleições Municipais para fazê-las coincidir com as Eleições Nacionais em 2022 não é uma hipótese se quer cogitada“.

E ainda, o Ministro afirmou que eleições devem acontecer em um ambiente democrático de maneira periódica e com alternância de poder.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:

Nesta segunda-feira (25), o Ministro Barroso tomou posse na presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Em seu discurso de posse, ele deixa claro que não está sendo cogitada a possibilidade das Eleições Municipais ocorrerem junto das Nacionais em 2022.

Segundo o Ministro Barroso, as Eleições Municipais de 2020 só serão prorrogadas, se não for viável vivenciá-las sem risco para a saúde pública.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Sobre as Eleições de 2020 o Ministro Barroso afirmou que:

“Em caso de adiamento, ela deverá ser pelo prazo mínimo e inevitável. Prorrogação de mandatos mesmo que por prazo exíguo deve ser evitada até o limite”.

Além disso, a respeito da possibilidade das Eleições de 2020 serem prorrogadas para 2022, o novo presidente do TSE afirmou que:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

“O cancelamento das Eleições Municipais para fazê-las coincidir com as Eleições Nacionais em 2022 não é uma hipótese se quer cogitada“.

E ainda, o Ministro afirmou que eleições devem acontecer em um ambiente democrático de maneira periódica e com alternância de poder.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!
Enable referrer and click cookie to search for pro webber