translate traduzir traducir
Política

General Heleno escreve nota em repúdio a apreensão do celular de Jair Bolsonaro, veja

General Heleno
General Heleno
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira (22) o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, escreveu uma nota a nação brasileira em repúdio ao pedido do STF para apreensão do celular de Jair Bolsonaro.

Em nota, General Heleno disse que caso isso se efetivasse, seria uma afronta a autoridade do Presidente da República. Ele também explicou que isso constituí interferência de um poder sobre o outro, algo que é inadmissível.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Augusto Heleno complementa ainda que, há uma clara tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes, o que pode causar consequências imprevisíveis para a estabilidade do pais.

Confira a nota do Gabinete de Segurança institucional:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Nota do Ministro General Heleno / Reprodução de imagem: Twitter da Dep. Major Fabiana
Nota do Ministro General Heleno / Reprodução de imagem: Twitter da Dep. Major Fabiana

Tudo começou quando o ministro do STF, Celso de Melo pediu a PGR a apreensão dos celulares dos Presidente Bolsonaro e de seu filho Carlos para perícia.

Segundo ele, a apreensão será para investigar notícias crimes envolvendo a o Presidente e sua família.

No twitter, o vereador Carlos Bolsonaro se manifestou sobre a apreensão, confira:

Hoje a hashtag #HelenoJaTaNaHora entrou para os trends topics do twitter, onde os alguns apoiadores sugerem que os generais devem intervir para garantir a soberania do país e por fim a um sistema que inúmeras vez atrapalha o progresso do Brasil.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesta sexta-feira (22) o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, escreveu uma nota a nação brasileira em repúdio ao pedido do STF para apreensão do celular de Jair Bolsonaro.

Em nota, General Heleno disse que caso isso se efetivasse, seria uma afronta a autoridade do Presidente da República. Ele também explicou que isso constituí interferência de um poder sobre o outro, algo que é inadmissível.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Augusto Heleno complementa ainda que, há uma clara tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes, o que pode causar consequências imprevisíveis para a estabilidade do pais.

Confira a nota do Gabinete de Segurança institucional:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -
Nota do Ministro General Heleno / Reprodução de imagem: Twitter da Dep. Major Fabiana
Nota do Ministro General Heleno / Reprodução de imagem: Twitter da Dep. Major Fabiana

Tudo começou quando o ministro do STF, Celso de Melo pediu a PGR a apreensão dos celulares dos Presidente Bolsonaro e de seu filho Carlos para perícia.

Segundo ele, a apreensão será para investigar notícias crimes envolvendo a o Presidente e sua família.

No twitter, o vereador Carlos Bolsonaro se manifestou sobre a apreensão, confira:

Hoje a hashtag #HelenoJaTaNaHora entrou para os trends topics do twitter, onde os alguns apoiadores sugerem que os generais devem intervir para garantir a soberania do país e por fim a um sistema que inúmeras vez atrapalha o progresso do Brasil.

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!