- PUBLICIDADE -
translate traduzir traducir
Política

Adiamento do ENEM 2020: Maia e Alcolumbre manifestam suas opiniões, veja

Reprodução: Twitter do IFMT
Reprodução: Twitter do IFMT
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesta quarta-feira (20), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, declararam suas opiniões sobre o adiamento da data do ENEM 2020.

Através de nota oficial o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), comunicou a prorrogação da data do ENEM 2020 por um período de 30 a 60 dias.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Essa decisão foi bem acatada pelos presidentes do Legislativo, pois através de suas contas do Twitter manifestaram seus pontos de vista a respeito da deliberação do INEP e do Ministério da Educação.

Rodrigo Maia manifestou que:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

“O adiamento do Enem é uma vitória da mobilização da comunidade da educação, principalmente estudantes e professores da rede pública. Agora, teremos mais tempo para reduzir as enormes desigualdades no ensino trazidas pela pandemia”.

E Davi Davi Alcolumbre, declarou que:

“Vitória dos estudantes brasileiros, principalmente da rede pública de ensino! Após o Senado ter aprovado projeto para o adiamento do Enem ontem, o Ministério da Educação confirmou hoje que as provas acontecerão em novas datas, com previsão de 30 a 60 dias após divulgado em edital”.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Nesta quarta-feira (20), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, declararam suas opiniões sobre o adiamento da data do ENEM 2020.

Através de nota oficial o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), comunicou a prorrogação da data do ENEM 2020 por um período de 30 a 60 dias.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Essa decisão foi bem acatada pelos presidentes do Legislativo, pois através de suas contas do Twitter manifestaram seus pontos de vista a respeito da deliberação do INEP e do Ministério da Educação.

Rodrigo Maia manifestou que:

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

“O adiamento do Enem é uma vitória da mobilização da comunidade da educação, principalmente estudantes e professores da rede pública. Agora, teremos mais tempo para reduzir as enormes desigualdades no ensino trazidas pela pandemia”.

E Davi Davi Alcolumbre, declarou que:

“Vitória dos estudantes brasileiros, principalmente da rede pública de ensino! Após o Senado ter aprovado projeto para o adiamento do Enem ontem, o Ministério da Educação confirmou hoje que as provas acontecerão em novas datas, com previsão de 30 a 60 dias após divulgado em edital”.

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!