- PUBLICIDADE -
translate traduzir traducir
Opinião

Repasse de dinheiro para prefeituras na Pandemia: o oportunismo de alguns políticos

Charge farra com dinheiro público
Charge farra com dinheiro público
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Atualmente a população brasileira está enfrentando uma situação muito difícil na Saúde Pública, por causa da Pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Com a disseminação do Covid-19, as pessoas com vulnerabilidade social estão passando por imenso momentos de sofrimento. Assim, as prefeituras precisam do apoio financeiro do Governo Federal para atenderem os cidadãos desfavorecidos.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Infelizmente sabe-se que existe a polarização política desse contexto de crise sanitária. Entretanto, não importa qual ideologia politica você defenda, ninguém pode negar que o Governo Federal fez transferências de recursos para os municípios com o intuito de amenizar os efeitos gerados pela Pandemia.

A título de exemplificação de envio de dinheiro para os cofres públicos das prefeituras, hoje dia 08 de maio através do Ministério da Cidadania irão ser repassados para a Assistência Social de todos municípios a quantia de R$ 600 milhões de reais relativos aos meses de abril,maio e junho.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Além disso, segundo a Assistência de Comunicação do Ministério da Cidadania, haverá mais uma transferência para as prefeituras no valor de R$ 600 milhões de reais no dia 8 de junho referentes aos meses de julho, agosto e setembro. Assim, irá ser destinado para o fortalecimento da Assistência Social das cidades um total de R$ 1,2 bilhões de reais.

Em coletiva de imprensa no dia 30 de abril o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou que estes recursos devem ser empregados na aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), compra de alimentos para estabelecimentos que atendem idosos e orfanatos e intervenções de amparo aos indivíduos que moram na rua.

É verídico que esses valores transferidos são recursos públicos, isto é, pertencem ao povo. Porém, lamentavelmente sabe-se que alguns políticos não prestam contas à população de forma clara, sistematizada e acessível como e onde foram gastos esses valores recebidos pelo Governo Federal para combater os resultados da Pandemia.

Assim, já que estamos falando sobre dinheiro público, surgem os seguintes questionamentos: Será que os habitantes das cidades não têm direito de saber de maneira detalhada o que foi feito com os recursos recebidos do Governo Federal? Os gestores dos municípios não têm obrigação de fazer essa prestação de contas? Será que os cidadãos entendem que possuem o direito de cobrar prestação de contas de seus prefeitos?

Já temos um período de 2 meses do surgimento dessa Pandemia, sabe-se que desde março já foram repassados recursos para os municípios. Assim, a título de sugestão de prestação de contas, as prefeituras poderiam elaborar e divulgar em seu portal portal oficial e nas suas redes sociais oficiais planilhas especificando cada detalhe do bem adquirido, por exemplo na compra de máscaras informar os seguintes dados: data, valor, quantidade e CNPJ do fornecedor.

Em suma, diante do exposto percebe-se a importância dos gestores municipais realizarem à prestação de contas para seu povo. Se a mesma não é efetivada, torna-se evidente que os prefeitos estão sendo oportunistas, pois os mesmos estarão usufruindo desse momento de dificuldade na Saúde Pública para possivelmente utilizar os recursos recebidos para ouros fins, os quais não envolvem benefícios para os cidadãos.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Atualmente a população brasileira está enfrentando uma situação muito difícil na Saúde Pública, por causa da Pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Com a disseminação do Covid-19, as pessoas com vulnerabilidade social estão passando por imenso momentos de sofrimento. Assim, as prefeituras precisam do apoio financeiro do Governo Federal para atenderem os cidadãos desfavorecidos.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Infelizmente sabe-se que existe a polarização política desse contexto de crise sanitária. Entretanto, não importa qual ideologia politica você defenda, ninguém pode negar que o Governo Federal fez transferências de recursos para os municípios com o intuito de amenizar os efeitos gerados pela Pandemia.

A título de exemplificação de envio de dinheiro para os cofres públicos das prefeituras, hoje dia 08 de maio através do Ministério da Cidadania irão ser repassados para a Assistência Social de todos municípios a quantia de R$ 600 milhões de reais relativos aos meses de abril,maio e junho.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Além disso, segundo a Assistência de Comunicação do Ministério da Cidadania, haverá mais uma transferência para as prefeituras no valor de R$ 600 milhões de reais no dia 8 de junho referentes aos meses de julho, agosto e setembro. Assim, irá ser destinado para o fortalecimento da Assistência Social das cidades um total de R$ 1,2 bilhões de reais.

Em coletiva de imprensa no dia 30 de abril o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou que estes recursos devem ser empregados na aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), compra de alimentos para estabelecimentos que atendem idosos e orfanatos e intervenções de amparo aos indivíduos que moram na rua.

É verídico que esses valores transferidos são recursos públicos, isto é, pertencem ao povo. Porém, lamentavelmente sabe-se que alguns políticos não prestam contas à população de forma clara, sistematizada e acessível como e onde foram gastos esses valores recebidos pelo Governo Federal para combater os resultados da Pandemia.

Assim, já que estamos falando sobre dinheiro público, surgem os seguintes questionamentos: Será que os habitantes das cidades não têm direito de saber de maneira detalhada o que foi feito com os recursos recebidos do Governo Federal? Os gestores dos municípios não têm obrigação de fazer essa prestação de contas? Será que os cidadãos entendem que possuem o direito de cobrar prestação de contas de seus prefeitos?

Já temos um período de 2 meses do surgimento dessa Pandemia, sabe-se que desde março já foram repassados recursos para os municípios. Assim, a título de sugestão de prestação de contas, as prefeituras poderiam elaborar e divulgar em seu portal portal oficial e nas suas redes sociais oficiais planilhas especificando cada detalhe do bem adquirido, por exemplo na compra de máscaras informar os seguintes dados: data, valor, quantidade e CNPJ do fornecedor.

Em suma, diante do exposto percebe-se a importância dos gestores municipais realizarem à prestação de contas para seu povo. Se a mesma não é efetivada, torna-se evidente que os prefeitos estão sendo oportunistas, pois os mesmos estarão usufruindo desse momento de dificuldade na Saúde Pública para possivelmente utilizar os recursos recebidos para ouros fins, os quais não envolvem benefícios para os cidadãos.

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!