translate traduzir traducir
Opinião

Enquanto muitos atacam, a ministrada Damares Alves trabalha

Damares Alves / Reprodução: Twitter do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos
Damares Alves / Reprodução: Twitter do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A ministra Damares Alves foi e é muito atacada pelos opositores ao governo Bolsonaro. Mas ela não baixa a cabeça e continua realizando seu trabalho dentro do ministério com seriedade, respeito e empatia.

A título de exemplo, nesta quarta-feira (17), a ministra divulgou em sua conta do Twitter vídeo sobre a ação de doação de cestas básicas para famílias ribeirinhas da Ilha de Marajó (PA).

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

No vídeo Damares Alves fala sobre a realização desse ato, dizendo que:

“A nossa vinda aqui é abraçar Marajó e dizer para s famílias que nesse momento de pandemia, as famílias do Marajó não estão esquecidas. Viemos garantir a segurança alimentar. São órgãos federias, é o poder público, forças armadas, sociedade civil, juntos em uma grande ação para trazer esperança e conforto ao povo do Marajó nesse momento”.

O ministério do Direitos Humanos divulgou através de sua conta do Twitter outro exemplo do trabalho Damares Alves, que foi a entrega de cestas básicas para famílias indígenas da cidade de Manaus (AM).

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Dessa forma, nota-se que a ministra Damares Alves está exercendo sua função, que mesmo enfrentando dificuldades logísticas ela busca ajudar e acolher as famílias mais necessitadas.

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A ministra Damares Alves foi e é muito atacada pelos opositores ao governo Bolsonaro. Mas ela não baixa a cabeça e continua realizando seu trabalho dentro do ministério com seriedade, respeito e empatia.

A título de exemplo, nesta quarta-feira (17), a ministra divulgou em sua conta do Twitter vídeo sobre a ação de doação de cestas básicas para famílias ribeirinhas da Ilha de Marajó (PA).

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

No vídeo Damares Alves fala sobre a realização desse ato, dizendo que:

“A nossa vinda aqui é abraçar Marajó e dizer para s famílias que nesse momento de pandemia, as famílias do Marajó não estão esquecidas. Viemos garantir a segurança alimentar. São órgãos federias, é o poder público, forças armadas, sociedade civil, juntos em uma grande ação para trazer esperança e conforto ao povo do Marajó nesse momento”.

O ministério do Direitos Humanos divulgou através de sua conta do Twitter outro exemplo do trabalho Damares Alves, que foi a entrega de cestas básicas para famílias indígenas da cidade de Manaus (AM).

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Dessa forma, nota-se que a ministra Damares Alves está exercendo sua função, que mesmo enfrentando dificuldades logísticas ela busca ajudar e acolher as famílias mais necessitadas.

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!