translate traduzir traducir

TV Globo perdeu 60% de verbas publicitárias do Governo Federal

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Governo Bolsonaro reduziu 60% das verbas publicitárias da TV Globo / (Foto-montagem: Redação Brasil News Online)
Governo Bolsonaro reduziu 60% das verbas publicitárias da TV Globo / (Foto-montagem: Redação Brasil News Online)
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE(M) -

Assim como prometeu em 2018 durante a campanha, o Presidente Bolsonaro reduziu os gastos com verbas publicitárias. Com isso a TV Globo perdeu 60% de verbas publicitárias de acordo com a Revista Oeste e o TCU (Tribunal de Contas da União).

Dados dos TCU mostram que logo no primeiro ano do Governo Bolsonaro a redução de investimento com publicidade federal na emissora já havia caído em 60%, sendo ela, a emissora aberta que mais perdeu recursos federais.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE(M) -

No ano de 2018 a Globo recebia cerca de 39% da verba com publicidade do governo, em 2019, primeiro ano do governo Bolsonaro, passou a receber somente cerca de 16%.

No mesmo ano, outras emissoras passram a receber uma porcentagem maior de verbas com publicidade do governo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE(M) -

TV Record recebia 31% e passou a receber 43%, já o SBT que recebia 30% passou para 41%.

Hoje, a Globo é um dos canais abertos que mais atacam o governo Bolsonaro e seus membros.

Recentemente, o canal criticou a Presidente pelas 100 mil vítimas do coronavírus, dando a entender que ele seria culpado pelas mortes, sem levar em consideração as ações positivas do governo federal para salvar vidas e a economia.

A emissora também esquece as inúmeras amarras impostas pelo STF ao Governo Bolsonaro, declarando autonomia a governadores e prefeitos decidirem as ações de combate ao coronavírus em suas jurisdições.

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!