translate traduzir traducir
Brasil

Gov. Bolsonaro inicia 2ª fase de testes da Nitazoxanida contra o coronavírus, confira

Jair Bolsonaro e Marcos Pontes
Jair Bolsonaro e Marcos Pontes
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Na última terça-feira (09) o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, comunicou que já foi iniciada a segunda fase de testes com o remédio nitazoxanida em 300 voluntários infectados com a covid-19.

De acordo com Marcos Pontes, nos testes in vitro realizados anteriormente em laboratórios, o medicamento apresentou uma taxa de eficácia de 94% da redução da carga viral do coronavírus.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Atualmente o MCTIC está testando a nitazoxanida em seres humanos para combater a covid-19. De acordo com informações do site oficial do ministério, nesta segunda fase serão testados também pacientes assintomáticos, ou seja, aqueles tem a doença mas não apresentam sintomas.

Os teste com pacientes tem duração de 5 dias e mais 9 dias de observações. Apesar dos resultados da primeira fase ainda não terem sido divulgados, Marcos Pontes disse durante reunião de Governo com o Presidente Jair Bolsonaro que “há indicações de que o medicamento funciona e são extremamente positivas

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Marcos Pontes explicou também que “o remédio pode ser mais uma arma efetiva no combate à doença“.

Em outro momento, o ministro ironiza falas de pessoas que não acreditavam que o Brasil teria a capacidade de fazer tamanhos estudos contra o coronavírus, confira a fala dele:

“É realmente um ganho muito grande, as pessoas falam assim: Mas é o Brasil que vai desenvolver isso? Por que não tá sendo desenvolvido em outros países? O Brasil tem uma capacidade muito grande com os nossos cientistas, com os nossos pesquisadores, com as nossas infraestruturas[…].Os nossos pesquisadores são excelentes de nível internacional, reconhecidos internacionalmente, então isso é uma coisa que em breve nós teremos aí que vai nos ajudar a trazer o país a uma situação normal.”

Assista ao vídeo do ministro a seguir:

Reprodução: YouTube do MCTIC

A nitazoxanida é um medicamento de uso controlado no Brasil, tem poucos efeitos colaterais, surgiu em 1980 e é utilizada no mundo inteiro para tratamento de diversas doenças.

Caso a eficácia seja realmente comprovada, os infectados com o coronavírus poderão enfim ter um recurso para combater a doença.

Fonte: www.mctic.gov.br

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Ajude-nós a manter este site no ar para levar a voz conservadora cada vez mais longe. Clique no botão apoia.se e contribua com qualquer valor.

LEIA TAMBÉM:
- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Na última terça-feira (09) o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, comunicou que já foi iniciada a segunda fase de testes com o remédio nitazoxanida em 300 voluntários infectados com a covid-19.

De acordo com Marcos Pontes, nos testes in vitro realizados anteriormente em laboratórios, o medicamento apresentou uma taxa de eficácia de 94% da redução da carga viral do coronavírus.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Atualmente o MCTIC está testando a nitazoxanida em seres humanos para combater a covid-19. De acordo com informações do site oficial do ministério, nesta segunda fase serão testados também pacientes assintomáticos, ou seja, aqueles tem a doença mas não apresentam sintomas.

Os teste com pacientes tem duração de 5 dias e mais 9 dias de observações. Apesar dos resultados da primeira fase ainda não terem sido divulgados, Marcos Pontes disse durante reunião de Governo com o Presidente Jair Bolsonaro que “há indicações de que o medicamento funciona e são extremamente positivas

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Marcos Pontes explicou também que “o remédio pode ser mais uma arma efetiva no combate à doença“.

Em outro momento, o ministro ironiza falas de pessoas que não acreditavam que o Brasil teria a capacidade de fazer tamanhos estudos contra o coronavírus, confira a fala dele:

“É realmente um ganho muito grande, as pessoas falam assim: Mas é o Brasil que vai desenvolver isso? Por que não tá sendo desenvolvido em outros países? O Brasil tem uma capacidade muito grande com os nossos cientistas, com os nossos pesquisadores, com as nossas infraestruturas[…].Os nossos pesquisadores são excelentes de nível internacional, reconhecidos internacionalmente, então isso é uma coisa que em breve nós teremos aí que vai nos ajudar a trazer o país a uma situação normal.”

Assista ao vídeo do ministro a seguir:

Reprodução: YouTube do MCTIC

A nitazoxanida é um medicamento de uso controlado no Brasil, tem poucos efeitos colaterais, surgiu em 1980 e é utilizada no mundo inteiro para tratamento de diversas doenças.

Caso a eficácia seja realmente comprovada, os infectados com o coronavírus poderão enfim ter um recurso para combater a doença.

Fonte: www.mctic.gov.br

Este site utiliza cookies para garantir a melhor experiência de navegação aos visitantes.

error: Conteúdo protegido!!!